Apresentação dos CFD (contratos por diferenças)

Os produtos de Contratos por Diferenças (“CFD”) foram desenvolvidos para permitir que os clientes desfrutem de todos os benefícios de possuírem uma posição de valor, índice, ETF, forex ou mercadoria sem terem de possuir fisicamente o instrumento subjacente. Um cliente celebra um contrato para um CFD ao preço indicado. A diferença entre esse preço e o preço aquando do encerramento da posição é definida em numerário, dando origem à designação "Contrato por Diferença" ou CFD.

Note que ao negociarem em CFD, os clientes podem perder todo o seu capital. Por favor, tenha em conta todos os riscos implicados.

Com os CFD, os clientes podem comprar ("posição longa") e encerrar a posição mais tarde realizando a venda. Em alternativa, os clientes podem vender ("posição curta") e encerrar a posição mais tarde realizando a compra. A venda por um preço superior/inferior ao preço de compra origina um ganho/uma perda, consoante o caso.

Os CFD ganharam popularidade ao longo dos últimos anos e estamos em crer que gradualmente esta começa a ser a forma preferencial de negociação nos mercados financeiros.

Os CFD funcionam da seguinte forma: em vez de adquirir 1.000 Ações da Microsoft a um accionista, um cliente pode comprar 1.000 CFD da Microsoft na Plataforma de Negociação da Plus500. Um aumento de $5 por acção no preço da Microsoft daria ao cliente de CFD um lucro de $5.000, tal como se este tivesse adquirido as Ações reais que são negociadas na Bolsa.

A Plus500 oferece CFD em instrumentos financeiros populares. Além destes benefícios, não existem quaisquer custos relacionados com a Bolsa nem qualquer Imposto de Selo. Desta forma, são eliminadas muitas das ineficiências da negociação das Ações subjacentes na Bolsa. São, por isso, evitados os custos e os atrasos da entrega física das Ações, o seu registo e quaisquer custos em termos de posse ou de custódia de valores aplicados por um corrector. O outro benefício essencial da negociação de CFD é o facto de os clientes poderem negociar à margem utilizando alavancagem. Negociar CFD supõe que os clientes possam negociar um portfólio completo de Ações, índices ou mercadorias sem terem de imobilizar grandes quantidades de capital. Utilizando o exemplo indicado acima, a um cliente que compre Ações no valor de $50.000 apenas será pedida uma margem inicial de $1.000 pelo portfólio de CFD equivalente.

Quaisquer direitos financeiros, tais como dividendos, são ajustados em numerário, directamente para a conta de um proprietário de CFD. No entanto, quaisquer direitos de votação disponíveis para o proprietário de uma acção de capital não estão disponíveis para o proprietário do CFD equivalente.

Encontrará todos os detalhes da nossa Política de Execução de Ordens em link.